Tecnosistemas - Softwares e Soluções para Gestão Pública

Noticas

30/05/2008 Aposentadoria

Previdência: qual a melhor forma de receber o dinheiro da aposentadoria?

Um dos grandes desafios para quem se aposenta é decidir como irá receber o dinheiro acumulado ao longo da vida na previdência privada. Imagine a seguinte situação: uma pessoa com bastante vigor, que pratica exercícios, nunca fumou e leva uma vida saudável. Com certeza, sem contar as eventualidades, ela terá um grande tempo de vida. Então, para esta pessoa, não seria indicado contratar uma renda programada. Neste caso, o cliente recebe o dinheiro por um determinado tempo, depois de se aposentar. A grande questão é viver mais do que o período estimado. O modelo, porém, atrai pelo valor mensal da aposentadoria, que costuma ser maior, já que o prazo de recebimento diminui. Renda para sempre Ainda existe a possibilidade de escolher ter uma renda vitalícia. Neste caso, existe uma determinada segurança financeira: você contará com o dinheiro para o resto da vida. Como tudo tem um porém, pode ser que o dinheiro recebido mensalmente não seja suficiente para arcar com as despesas e, então, terá de planejar uma outra fonte de renda. Um ponto positivo deste modelo é que se pode transferir a renda para um dependente, seja ele a mulher, seja os filhos, em caso de morte. Proporção do saldo da conta Uma alternativa também é ter ganhos com base em uma porcentagem do saldo em conta. Neste caso, preste bastante atenção. Depois da fase acumulativa, o dinheiro será corrigido contra as perdas da inflação. Se você receber uma proporção do saldo maior do que este rendimento, com certeza, o volume de dinheiro irá diminuir e, com ele, sua renda mensal. Agora, se conseguir viver com um volume de saldo menor do que o rendimento, ele aumentará e, como conseqüência, sua renda na aposentadoria também. "Retirar mais do que o rendimento reduz o volume acumulado, retirar menos que o rendimento o aumenta", explica o gerente da área de consultoria da Mercer, Evandro Oliveira. Retirar tudo de uma vez Ainda existe a possibilidade de você retirar todo o dinheiro acumulado e partir para outro investimento, com ganho acima daquele que foi previsto quando fechou o contrato. Muitas pessoas optam por sacar parte deste dinheiro e investir em ações, que, apesar do risco maior, garantem maior rentabilidade. Neste caso, porém, terá de acompanhar o mercado e se informar sobre os melhores papéis que estão sendo oferecidos. Publicada em 26/05/2008

AG21 - Comunicação Criativa